Chora Meu Cavaco - Vem Tocar Com a Gente!

Maria Rita

Maria Rita
Maria Rita

Maria Rita Camargo Mariano (São Paulo, 9 de setembro de 1977) é uma cantora,produtora musical e empresária brasileira, filha da cantora Elis Regina e do arranjador e pianista César Camargo Mariano, irmã do cantor Pedro Mariano, meia-irmã do produtor e empresário João Marcelo Bôscoli, do instrumentista Marcelo Mariano e da produtora Luísa Camargo Mariano. É casada com Davi Moraes, pai de sua filha caçula, Alice. Também é mãe de Antonio, fruto de um casamento anterior.

Maria Rita começou a cantar profissionalmente com cerca de 24 anos, mesmo tendo esse desejo desde sempre. O peso do berço musical em que nasceu, principalmente da carreira da mãe, muito famosa no Brasil, influenciou o adiamento de sua obra. Segundo a própria: "[...]sempre tive a consciência de ser a única filha mulher de uma grande cantora[...]". Por isso, desde cedo, muito cobrada a soltar a voz, esperou ter a certeza de que a música era essencial em sua vida. Antes de se tornar cantora profissional, Maria Rita se formou emComunicação Social e em Estudos Latino-Americanos na Universidade de Nova Iorque, nos Estados Unidos, onde morou desde os 16 anos e até o fim do curso. O sucesso na música veio à altura de seu talento, e Maria Rita logo consagrou-se como grande ícone da música brasileira.

Ganhadora de onze prêmios Grammy Latino, incluindo de Melhor Artista Revelação (única brasileira na história a conseguir vencer essa categoria), Maria Rita já vendeu milhões de CD's e DVD's, no Brasil e no mundo todo, e é considerada uma das maiores vozes e intérpretes de sentimento da atualidade.

Vida Pessoal

Desde criança, Maria Rita já estava sob a luz dos holofotes. Filha de Elis Regina e César Camargo Mariano, sempre sentiu a responsabilidade de nascer num berço musical de ouro. Perdeu a mãe com apenas 4 anos de idade, e, desde então, sua vida virou de cabeça para baixo. A mídia e o público estavam comovidos com a morte de Elis Regina, e a exposição de sua família foi quase que inevitável, apesar de discrição e cuidado serem defendidos bravamente por César, seu pai. As exigências da parte de muitos também começaram a partir desse momento. Maria Rita foi constantemente bombardeada com a cobrança das pessoas de que cantasse, ao que ela revidava, rebeldemente, com negativas, apesar de ser esse, também, seu desejo. Chegou a ser backing vocal de uma banda do irmão, Pedro Mariano, aos 13 anos, mas tinha a consciência de que seria difícil embarcar numa carreira musical sem absoluta segurança e necessidade, pela proporção que tomou o nome desua mãe no Brasil. Maria Rita sentia que tinha a responsabilidade de carregar o nome da família de forma honrosa, pela bela história já escrita; o grande problema é que a maioria das pessoas via nela a continuação dessa história.

Entre 1993 e 1994, por 10 meses, fez estágio na Revista Capricho, e, quase em seguida, com 16 anos, teve de sair do Brasil, pois seu pai precisou viajar a trabalho e, como era menor de idade, foi junto. A expectativa era de ficar até os 18 anos, o que não aconteceu, e acabou por estender a temporada. Queria cursar Jornalismo em Nova Iorque, mas, pela falta de vaga, acabou optando por Comunicação Social, com a esperança de transferir-se para a formação antes desejada, já que ambos os cursos têm o primeiro período de igual conteúdo. Quando houve a oportunidade da troca, já estava apaixonada por Comunicação Social, e decidiu concluir. Ganhou bolsa de estudos por boas notas e, anos depois, estava formada também em Estudos Latino-Americanos. Foi nessa época que estagiou na gravadora com a qual, mais tarde, assinaria contrato, a Warner Music, no departamento de divulgação. Durante o período da faculdade, Maria Rita tinha sua voz admirada pelos amigos de universidade, e chegou a participar, por insistência deles, de um show de calouros, do qual saiu vitoriosa, cantando, acapella, uma música gravada por sua mãe, "Velha Roupa Colorida". Segundo Maria Rita, a estadia nos Estados Unidos, onde sua família não era famosa, permitiu a busca de conquistas próprias, e a segurança de que precisava para voltar ao Brasil e se tornar, enfim, cantora.

Depois de aproximadamente 8 anos morando no exterior, Maria Rita torna ao Brasil com a certeza e a necessidade de cantar.

Maria Rita se tornou mãe em 2 de julho de 2004, dando à luz Antonio, nascido na capital paulista, fruto de sua já finalizada relação com o cineasta Marcus Baldini.

Em 2011, iniciou um relacionamento com o músico Davi Moraes, pai de sua filha, Alice, nascida em 10 de dezembro de 2012, no Rio de Janeiro.

Carreira

Maria Rita começou a cantar profissionalmente aos 24 anos. Não acha que foi tarde. Em suas palavras: "Sempre quis cantar. Mas a questão não era querer. Era por quê. Não gosto de fazer nada sem ter um porquê. O motivo passou a existir quando percebi que ficaria louca se não cantasse". O início de tudo se deu com apresentações em parceria com o músico Chico Pinheiro e a cantora Luciana Alves, e, mais tarde, lançou um show solo, intitulado "Jeans e Camiseta". Também foi apadrinhada por Milton Nascimento, que a convidou para participar de seu disco "Pietá" e de algumas apresentações. Segundo o Estadão: "Todas as gravadoras, as grandes e as pequenas, querem contratá-la. Todos os músicos querem tocar com ela e todos os compositores querem que ela cante suas canções. Todos os palcos a desejam. O público espanta-se: ela é um fenômeno. Seu canto é deslumbrante, um raríssimo composto de ternura e expressão incisiva. Houve uma mulher que cantava assim. O nome dela era Elis Regina, mãe de Maria Rita. Dá-se, com ela, um caso fora do esquadro. Num tempo em que a indústria da música joga fora os talentos e não arrisca um centavo em novidades, ela é a novidade bem-vinda e o talento em que vale a pena apostar". Antes de lançar o primeiro CD, já era sucesso estrondoso, e foi vencedora do Troféu APCA de 2002 como Artista Revelação. No ano seguinte, assinou com a gravadora Warner Music Brasil e seu primeiro disco começou a ser produzido.

O aprendizado, para Maria Rita, se deu de maneira instintiva e informal. Segundo ela, quando era jovem, pediu ao pai que lhe ensinasse a tocar piano. Diante de uma negativa, perguntou se o problema era ele não ter tempo, ao que o pai lhe respondeu que, se a questão fosse tempo, o conseguiria. O problema é que ele "aprendera sozinho" e não teria o que lhe passar. Maria Rita seguiu trilha parecida. Sem uma instrução musical formal, simplesmente subia no palco e soltava a voz. Apesar disso, a cantora, mais tarde, já profissional, tomou aulas de canto, para aperfeiçoar sua técnica e respiração, e "não deixar o instrumento perecer antes do previsto".

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Maria_Rita

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Twitter

Partituras de Maria Rita

Álbuns de Maria Rita

Partituras

Tá Vendo Aquela Lua

Exaltasamba

A Gente Faz a Festa

Tá Vendo Aquela Lua

Cifras

Trocando Olhares

Biro do Cavaco

Biro do Cavaco

Trocando Olhares

Crença da Ilusão

Grupo Raça

Grupo Raça

Crença da Ilusão

Teu Sorriso

Jeito Moleque

Jeito Moleque

Teu Sorriso

De Bem Com a Vida

Eliane Lima

Eliane Lima

De Bem Com a Vida

Uma Estrela

Pique Novo

Pique Novo

Uma Estrela

Até Encontrar

Jeito Moleque

Jeito Moleque

Até Encontrar

Telegrama

Art Popular

Art Popular

Telegrama

Vacilão / O Show Tem Que Continuar

Grupo Revelação

Revelação - Ao Vivo - Olimpo

Vacilão / O Show Tem Que Continuar

Veja + Cifras

Olá, deixe seu comentário para Maria Rita

Enviando Comentário Fechar :/

Veja Também Outros Artistas Relacionados!

Veja mais artistas relacionados em nossa galeria!